Saneaqua orienta população sobre o consumo de água com dicas simples para economia do recurso

O consumo consciente de água e a adoção de práticas sustentáveis é fundamental para preservar os recursos hídricos e seguirmos utilizando-os no futuro. De acordo com o Instituto Trata Brasil, cerca de 35 milhões de brasileiros não têm acesso à água potável. Esse número é bastante elevado e preocupante.  

Diante disso, a Saneaqua, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Mairinque, separou algumas dicas para que os mairinquenses aprendam a verificar o consumo de água de seu imóvel e pratiquem o consumo consciente.  

Toda vez que o chuveiro é aberto ou a máquina é ligada, o hidrômetro da casa começa a registrar o volume de água utilizado na ação. O aparelho, também conhecido como relógio, mede o consumo do imóvel em tempo real e é um grande aliado na luta contra o desperdício. 

Por meio da leitura do hidrômetro, é possível acompanhar o padrão de consumo mensal de água nos imóveis, uma informação que não só ajuda a ter um consumo consciente, mas também a manter as contas sob controle e, na identificação com mais agilidade, de vazamentos ou quaisquer ocorrências que gerem alterações significativas de consumo. 

Para saber o quanto se está consumindo na residência, o morador deve identificar o número de medição que consta na sua última conta de água. Subtrair a medição da conta do número que consta na leitura atual do seu hidrômetro. Para o cálculo, considerar somente os números pretos e desconsiderar os demais. Com isso, já dá para saber o quanto foi consumido de água desde a última conta de água. 

“Para fazer essa conta, os clientes devem considerar sempre os números pretos do hidrômetro. Se a leitura atual está em 0084 e a leitura anterior que consta na conta estava em 0074, significa que já se consumiu, desde o dia da última leitura (informação que consta nas contas), 10m³, ou seja, 10.000 litros de água”, explica Luciana Barros, responsável pela área Comercial na Saneaqua.  

Mudanças simples de hábitos são fundamentais para o futuro da água, de acordo com o SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento) cada pessoa consome por dia 154,9 litros de água por dia, o que equivale a 4,6m³/mês. Mas, como realizar o consumo consciente? A Organização das Nações Unidas (ONU) considera que o consumo diário ideal de água por pessoa seja de 110 litros, volume capaz de atender as necessidades de consumo e higiene. Seguem algumas dicas: 

– Atenção a vazamentos nas residências: um vazamento de 2mm, desperdiça 96 mil litros de água por mês;  

– Substituir mangueira pelo balde: Feche a mangueira! Quatro baldes de água já são suficientes para lavar seu carro. Se o objetivo é regar as plantas, há alternativas mais econômicas. Substituir a mangueira pelo regador gera economia de 96 litros de água em dez minutos. 

– Sem pinga-pinga: uma torneira gotejando, desperdiça 40 litros de água por dia. Em uma semana, aqueles pingos que pareciam inofensivos já serão responsáveis por 280 litros de água jogados pelo ralo; 



– Economia no banho: a redução de só 1 minuto do tempo de banho, ao fim de um ano terá ajudado a economizar 3.285 litros de água. 

É importante que todos adotem hábitos de consumos conscientes e multipliquem as informações para modificar também a rotina de quem está próximo.  

A Saneaqua disponibiliza mais dicas e informações sobre o tema por meio do portal: www.consumoconsciente.brkambiental.com.br, mostrando que pequenas ações podem trazer grandes resultados. A proposta é que todos reflitam sobre o próprio consumo de água e combatam o desperdício, contribuindo para o meio ambiente. 

Em caso de dúvidas, a população pode entrar em contato com a concessionária por meio do telefone 0800 771 0001. A ligação é gratuita e o atendimento funciona 24 horas por dia. Em horário comercial, a página da Saneaqua no Facebook (facebook.com/saneaqua) também realiza atendimentos, assim como por meio do e-mail: sac-mairinque@saneaqua.com.br.  

A empresa também disponibiliza atendimento presencial ao público na loja localizada na rua R. Prof. José Pinto do Amaral, 401 – Jardim do Cruzeiro. O funcionamento é de segunda à sexta das 11h às 16h.