Mairinque alcança menor índice de perdas de água dos últimos anos

Indicador foi de 24,4% no mês de setembro, o que representa uma economia de mais de 14 milhões de litros de água em comparação com o mesmo período do ano anterior

O índice de perdas de água de Mairinque no mês de setembro fechou em 24,4%. O resultado é fruto do trabalho diário para controle de perdas e eficiência realizado pela Saneaqua, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Mairinque, e é 17% menor se comparado ao mesmo período de 2019, que fechou em 30%. Na prática, isso representa 72 milhões de litros de água que foram preservados somente no primeiro semestre de 2020.

Esse intenso trabalho de controle de perdas foi fundamental, considerando o cenário crítico dos níveis de água que estão reduzidos nos mananciais Fiscal e Carvalhal, responsáveis pela produção de água bruta na cidade. Os reservatórios tiveram queda no volume de água no último mês devido à falta de chuvas, elevação das temperaturas, além do impacto da pandemia, que exige um cuidado maior com a higiene e também a permanência prolongada das pessoas em casa, aumentando o consumo de água. 

Para diminuir as perdas de água e melhorar a eficiência do sistema de abastecimento de Mairinque, a Saneaqua estruturou um plano dedicado exclusivamente a localização de vazamentos não visíveis e gerenciamento de pressões em locais elevados. A iniciativa tem a finalidade de nivelar a pressão da água, evitando possíveis rompimentos na rede de distribuição. Além disso, válvulas reguladoras de pressão também foram instaladas em diversos pontos da rede de distribuição de água.

“A Saneaqua entende que o controle de perdas é um dos itens mais importantes de uma operação de saneamento básico. Investimos em tecnologia para buscar formas de identificar e corrigir vazamentos com mais agilidade, porque sabemos que isso tem um impacto ambiental muito significativo”, destaca Edi Bortoli diretor de operações na Saneaqua.

O diretor conta ainda que o trabalho de controle de perdas em Mairinque, ocorre por meio de ações periódicas, como a busca sistemática por vazamentos não visíveis, inclusive nas madrugadas, setorização das regiões de abastecimento, instalação inteligente de válvulas reguladoras de pressão, renovação e substituição das tubulações de água, atualização constante do cadastro técnico, renovação do parque de hidrômetros e substituição de ligações antigas.

“O principal objetivo dessas ações é termos maior disponibilidade de água para a população e permitir o crescimento ordenado do município, diminuindo o impacto ambiental na captação e prestando um serviço de qualidade para a cidade. É um trabalho que vai ocorrer durante toda a concessão, uma vez que reduzir o índice de perdas e mantê-lo em patamar adequado exige planejamento e ações contínuas por parte da concessionária”, explica Edi.

A empresa reforça que o combate às perdas de água é fundamental para melhoria e otimização de todo o sistema. A redução das perdas não é um ato isolado, mas de todos. Por isso, sempre quando houver uma suspeita de vazamento ou de ligações clandestinas é importante comunicar diretamente a concessionária. O contato pode ser feito gratuitamente pelo 0800 771 0001, no site www.saneaqua.com.br ou pelo Facebook da Saneaqua. A participação e o envolvimento da população são fundamentais para que Mairinque continue avançando em redução de perdas.